Edilene Lopes

Coluna da Edilene Lopes

Veja todas as colunas

Saída de secretários do governo de Minas e primeiro caso de covid-19 na Assembleia

03/06/2020 às 04:43

Como a eleição municipal ainda não foi adiada e, oficialmente, está mantida para o dia 4 de outubro, dois integrantes da equipe do governador Romeu Zema anunciaram nesta quarta-feira a desincompatibilização. O desligamento, no caso de quem ocupa cargo público e não é candidato à reeleição, deve ocorrer quatro meses antes do pleito.  

Agora a pouco, informação em primeiríssima mão, o presidente da Empresa de Tecnologia da Informação do Estado de Minas Gerais (Prodemge), Rodrigo Paiva, se despediu dos funcionários. Ele, que foi candidato ao Senado na eleição passada, será candidato à Prefeitura de Belo Horizonte pelo Novo. No lugar de Paiva deve entrar Roberto Tostes Reis, que foi candidato a vereador em BH, também pela mesma legenda.

A secretária-adjunta de Planejamento e Gestão do Estado (Seplag), Luisa Barreto, pré-candidata à Prefeitura de Belo Horizonte (PSDB), a pedido, teve exoneração publicada nesta quarta no Diário Oficial do Estado. Em entrevista à Itatiaia, Barreto afirmou que a candidatura à PBH é uma realidade consolidada internamente e que os tucanos não devem desistir da disputa. 

Luisa é servidora de carreira do Estado, especialista em Políticas Públicas e Gestão Governamental (EPPGG) e coordenou a última campanha do senador Antônio Anastasia (PSD) ao governo do Minas.  Apesar da excelente relação com Luisa, Anastasia discordava da ideia de o PSDB ter candidatura própria à PBH, o que acabou motivando a saída dele da legenda, que foi o partido de Kalil.

O novo secretário-adjunto da Seplag é Luís Otávio Milagre de Assis, nomeado nesta quarta-feira. Ele é servidor de carreira, está há 15 anos na pasta e deve assumir a coordenação do Comitê Pró-Brumadinho. 

Defensor Público Geral é mantido

E o chefe da Defensoria Pública de Minas Gerais, Gério Patrocínio Soares, foi reconduzido ao cargo nesta quarta-feira para o segundo mandato de dois anos. A escolha é feita por uma lista com três nomes escolhidos por votação entre os defensores. O governador escolhe um. Nesta eleição, apenas Gério se candidatou.

Primeiro caso de covid-19 na Assembleia 

A Assembleia Legislativa de Minas Gerais (ALMG) registrou o primeiro caso de coronavírus entre os servidores nesta quarta-feira. A informação foi adiantada pela Itatiaia. A servidora se recupera em casa, com sintomas leves e esteve na ALMG pela última vez na quinta-feira (28) e, segundo a casa, seguiu todas as regras de segurança. 

Desde o início da Pandemia, a assembleia está realizando votações à distância e nesta semana iniciou as reuniões de comissões, com a presença do presidente da comissão e no máximo três pessoas na mesa. 

A notificação do primeiro caso veio em meio à uma disputa de bastidores na casa, com a pressão de alguns parlamentares pelo retorno do trabalho presencial. O registro de caso da doença deve colocar um freio, pelo menos momentâneo, na flexibilização. Mesmo adotando as medidas de segurança, como uso de máscaras e agora medição de temperatura, os servidores da casa, que já estavam com medo de uma possível retomada, agora estão ainda mais assustados. 

Pico da curva longe 

O pico da curva da covid-19 em Minas e em Belo Horizonte está cada vez mais longe, de acordo com as informações oficiais. O Secretário Estadual de Saúde Carlos Eduardo Amaral disse nesta quarta, em entrevista coletiva, que o pico em Minas está mantido para 19 de julho, se nada mudar, o que segundo ele é impossível já que a circulação pode aumentar e a restrição também. O médico infectologista Carlos Starling, que compõe a equipe da prefeitura de Belo Horizonte para o coronavírus, afirmou que a curva em BH pode ser até em agosto. 

Na discussão sobre retorno do futebol, que terminou agora a pouco na Assembleia, Starling afirmou que qualquer retorno só é possível quando o número de casos começar a cair, quando o R0 (zero), a Taxa de Contaminação, for menor que 1, quando uma pessoa estiver infectando menos de uma pessoa. A taxa hoje no estado é de 1,42. 

Formulários completos

Minas divulgou nota técnica orientando que sejam incluídas informações como cor, raça e etnia nos formulários de saúde para pacientes com suspeita da covid-19, o que será feito por autodeclaração. A mudança estava prevista em projeto de lei, proposto pelas deputadas Andreia de Jesus (PSOL), Ana Paula (Rede) e Leninha (PT), aprovado semana passada na Assembleia. Um dos objetivos das parlamentares é mapear o avanco da doença e atendimento fornecido à população negra em Minas. Nos Estados Unidos, por exemplo, por causa da desigualdade social, negros, desde o início da pandemia, estavam entre as principais vítimas da doença. 

ABC da Política 

Defensor Público – advogado concursado custeado pelo estado para atender a população de menor renda.  

*as definições de palavras do dia a dia da política, que citamos aqui, na coluna Em cima do Fato, você encontra no ABC da Política, para consulta e compartilhamento, no Instagram @reporteredilenelopes

Escreva seu comentário

Preencha seus dados

ou

    #ItatiaiaNasRedes

    RadioItatiaia

    Nas redes sociais recuperaram vídeo do pastor em que ele fala à comunidade evangélica sobre a "vara da disciplina" e a importância de disciplinar as crianças. #Itatiaia

    Acessar Link

    RadioItatiaia

    🚓 Na quinta-feira, o presidente do Superior Tribunal de Justiça (STJ), João Otávio de Noronha, concedeu prisão domiciliar a Fabrício Queiróz, com o uso de tornozeleira eletrô...

    Acessar Link