Wellington Campos

Coluna do Wellington Campos

Veja todas as colunas

Fred, o menino tricolor

27/06/2020 às 09:16
Fred, o menino tricolor

O Campeonato Carioca está sendo retomado depois de ficar paralisado por 94 dias, quando jogou o Flamengo naquela quinta-feira, 18 de junho, e neste domingo, 104 dias após a pandemia do novo coronavírus no Brasil. É o primeiro torneio de futebol na América do Sul a rolar a bola.

É necessário destacar todo protocolo médico para atletas, comissões técnicas e outros integrantes das partidas, como seguranças e jornalistas. Todos devidamente testados semanalmente para a covid-19.

Enquanto isso, os tricolores estão bastante esperançosos com a volta do atacante Fred que, depois de deixar o Fluminense, não teve boas passagens por Atlético e Cruzeiro. Aliás, se viu em algumas polêmicas que ainda se arrastam até hoje na Justiça, no caso da multa milionária do Galo.

E no melhor estilo Fred, ele veio de BH para o Rio de Janeiro e arrastou uma multidão de fãs pelas redes sociais em campanhas que arrecadaram cestas básicas e outros itens importantes nestes tempos de pandemia. Gol de placa.

Agora, vem a tão aguarda hora da bola rolando com a camisa tricolor que em Fred fica ainda mais bonita e reluzente. Irradia paixão e esperança. Trás um passado de conquistas e idolatria de torcedores “vivos e mortos” diria Nelson Rodrigues.

De cara, Frederico tem pela frente o objetivo de ser o maior artilheiro do estádio Nilton Santos, casa do Botafogo e onde o Flu levantou troféus históricos. Com 39 gols, precisa de três para ultrapassar Loco Abreu ex-atacante da Estrela Solitária. Todos estarão de olho no jogo com o Volta Redonda.

Fred, o menino tricolor, reaparece na vida dos cariocas num recomeço difícil para todo o planeta. Seu jeito de ser, sua identificação com a torcida e a confiança que sai de suas palavras nos anima para novos dias.

E usando e abusando de sua licença poética, lá foi o Frederico dizer que até sonhou que marcaria 19 gols neste domingo e se tornaria o artilheiro do estadual. Só quem é capaz de acreditar em si próprio, e naturalmente transmitir essa energia, tem o direito de ouvir até um: ‘Quem sabe se não acontece? Vai que’.

Boa sorte menino tricolor.

Foto: Lucas Merçon / Fluminense F.C.

Escreva seu comentário

Preencha seus dados

ou

    #ItatiaiaNasRedes

    RadioItatiaia

    As informações sobre a semana e os eventos serão transmitidos nas redes sociais do ministério e da Secretaria Nacional da Juventude.#Itatiaia

    Acessar Link

    RadioItatiaia

    ⚽️Técnico do América não poupou críticas à atuação do juiz Felipe Fernandes de Lima no clássico contra o Atlético. #itatiaia

    Acessar Link