Notícias

Cadastro para o meio passe estudantil 2020 começa nesta segunda-feira em Belo Horizonte

Por Redação , 02/12/2019 às 09:43
atualizado em: 02/12/2019 às 09:50

Texto:

Foto: Breno Pataro/ PBH
Breno Pataro/ PBH

Começou nesta segunda-feira a primeira etapa para o cadastro dos interessados em usar o meio passe estudantil em Belo Horizonte em 2020, benefício oferecido aos estudantes matriculados no ensino médio e na educação de jovens e adultos.

A primeira etapa é destinada para quem já recebe o benefício e não mudou de escola, nem de endereço residencial. A confirmação dos dados cadastrais deve ser feita pelo site da Prefeitura de Belo Horizonte e vai até o dia 13 de dezembro.

No segundo momento as pessoas que tiveram alguma alteração devem fazer a mudança das informações no site entre os dias 14 de dezembro e 2 de janeiro. A entrega da documentação que comprova a mudança dos dados deve ser feita nos postos da prefeitura entre os dias 16 de dezembro e 3 de janeiro. 

A terceira etapa é destinada para quem ainda não faz parte do programa. O cadastro deve ser feito entre os dias 13 de janeiro e 24 de janeiro de 2020. 

A coordenadora do meio passe da Prefeitura de Belo Horizonte, Palma Braga, explica os critérios para que o benefício seja concedido. “Para receber o meio passe ele [estudante] tem que estudar em escola pública, se for escola particular tem que ter bolsa de 100%, morar há mais de 1 km da escola em que estuda e utilizar ônibus gerenciado pela BHTrans. Ele pode morar em outro município, desde que estude em escola de Belo Horizonte.”

Cronograma:

1ª etapa: 2 de dezembro a 13 de dezembro 
2ª etapa: 14 de dezembro a 2 de janeiro de 2020
3ª etapa: 13 de janeiro a 24 de janeiro de 2020
 

Escreva seu comentário

Preencha seus dados

ou

    #ItatiaiaNasRedes

    RadioItatiaia

    O número de pacientes recuperados é de 238.617, que representa 40,9% do total. Já os pacientes em acompanhamento somam 312.851 (53,6%).

    Acessar Link

    RadioItatiaia

    💡 BOA NOTÍCIA! Pesquisa desenvolvida por cientistas americanos mostrou que pacientes com coronavírus tratados com plasma de pessoas que se recuperaram da infecção têm quase ...

    Acessar Link