Notícias

‘Nova CPMF’ impactaria sobre toda cadeia de produção e poderia aumentar preços

Por Redação , 11/09/2019 às 09:22
atualizado em: 11/09/2019 às 09:50

Texto:

Foto: Pixabay
Pixabay
00:00 00:00

A criação de um imposto nos moldes da antiga CPMF tributaria todas transações financeiras, com risco de impactar nos preços, avalia o economista Paulo César Feitosa. A ideia estudada pela equipe econômica do governo Bolsonaro é taxar cada saque, cada depósito em dinheiro com alíquota inicial de 0,40%. Já as operações com cartões de débito e crédito teriam alíquota de 0,20%. 

Ouça aqui a entrevista competa!

O objetivo do governo é substituir, de maneira gradual, a contribuição patronal sobre salários e IOF. As mudanças fazem parte da proposta de reforma tributária. Para Feitosa, a medida é pior que a antiga CPMF.

“É uma tributação muito semelhante à CPMF, com um detalhe: A CPMF era uma alíquota de 0,38%. Essa agora é de 0,40%, o que é maior do aquela anterior defenestrada da nossa economia.

Outra questão: ela tem problemas que a CPMF já sabia, pois é um imposto cumulativo que pega todas transações financeiras. Então, ela acaba fazendo com que possa ter impacto sobre preços”, alerta.

Sobre a ideia de desonerar a folha das empresas e gerar emprego, Feitosa lembra que algo semelhante foi tentando no governo Dilma. “O resultado foi catastrófico”, diz.

“O governo tem que deixar bastante claro se o interesse dele é aumento da arrecadação ou se é mesmo criar emprego. Tem outras políticas que ele deveria fazer. Emprego não se cria porque diminuiu o custo do trabalho, emprego se cria porque o empresário quer aumentar a produção e deseja investir”, analisa.

“Como nossa demanda está cada vez menor, é importante deixar claro que, se o governo não adotar medidas para recuperar a demanda agregada, e aí passa pela elevação de investimentos públicos, não vai ser com medidas de redução de custo da mão de obra que nós vamos conseguir levar o empresário a querer expandir e investir”.  
 

Escreva seu comentário

Preencha seus dados

ou

    #ItatiaiaNasRedes

    RadioItatiaia

    A capital mineira possui 552 mortes por covid-19 e 21.072 casos confirmados. #Itatiaia

    Acessar Link

    RadioItatiaia

    Notícia foi divulgada pelo marido da cantora na página oficial dele no instagram. #Itatiaia

    Acessar Link